• maribel

Violência Intrafamiliar


Você, com certeza, já deve ter ouvido falar e muito sobre violência doméstica, mas e sobre violência intrafamiliar?!


Nossa publicação, hoje, busca apresentar as diferenças entre violência doméstica e intrafamiliar e as formas como elas ocorrem, trazendo, por fim, uma reflexão sobre o tema.


De acordo com o Ministério da Saúde, Violência Intrafamiliar (VI) é toda e qualquer ação ou omissão, de um membro da família, que impacte de forma negativa no bem-estar ou integridade física ou psicológica, na liberdade e no desenvolvimento de outro membro. Ela pode ser cometida dentro ou fora do ambiente familiar concreto (casa). Além de envolver relações familiares, inclui, também, pessoas sem laços consanguíneos.

Para ser caracterizada como violência intrafamiliar basta um vínculo afetivo ou convivência, podendo ser praticada fora do domicílio da vítima, quer tenha sido ocasionada pelos pais biológicos ou por pessoas que exerçam as funções parentais.


No entanto, a Violência Doméstica (VD) é mais abrangente, incluindo pessoas que convivem no espaço físico familiar (casa), mas que não fazem parte da família, tais como empregados, amigos, prestadores de serviços ou visitantes eventuais.


A violência, em ambos os casos, pode ser física, sexual, psicológica, econômica ou financeira.

Como sabemos a violência é um grave problema de saúde pública pelos danos físicos e psicológicos que provoca, especialmente em mulheres, crianças e idosos, pois traz em sua gênese uma multiplicidade de fatores ao envolver aspectos culturais, sociais, econômicos e políticos. Neste ponto, cumpre-nos enfatizar que a violência afeta a saúde sexual e reprodutiva das mulheres, expondo-as, ainda, à contaminação por doenças sexualmente transmissíveis e gestações indesejadas.

A violência em sua essência gera prejuízos à saúde, afeta as relações familiares e sociais, além de influenciar negativamente no desenvolvimento humano, fazendo com que muitas vítimas passem a ingerir bebidas alcoólicas ou utilizem drogas e outras substâncias, assim como apresentem quadros depressivos, de autodestruição e de isolamento social.

Por isso, é importante, denunciar!!!


47 visualizações2 comentários

Posts recentes

Ver tudo